Sistema de Metas e Acompanhamento de Resultados

Informe

ISP CAPACITA EM ANÁLISE CRIMINAL APLICADA


Na última semana, o Instituto de Segurança Pública (ISP) promoveu o Curso de Análise Criminal Aplicada, com ênfase na ferramenta ISPGeo. O curso, voltado para os analistas criminais de todos os batalhões do estado, além dos analistas dps Comandos de Área (CPA) e unidades especiais, capacitou 30 policiais militares.

O ciclo de estudo, que tem duração de 40 horas, é formado por especialistas do ISP de diferentes áreas como estatística, análise criminal e georreferenciamento de dados.

Joana Monteiro, diretora-presidente do ISP, afirmou que a ferramenta foi desenvolvida para auxiliar o trabalho policial da melhor forma possível.

- O ISPGeo é uma ferramenta muito importante para a priorização de recursos policiais, que estão cada vez mais escassos. O objetivo da ferramenta é otimizar o trabalho policial e permitir que de uma forma rápida e dinâmica, se consiga analisar a macha criminal de cada área.

O Major Fábio Pacheco, da PM3, ressaltou que o curso foi importante, pois deixou bem claro o contexto em que a ferramenta pode ser aplicada, além da importância de um programa que aponte com precisoa o local do fato.

- Comas análises que podemos fazer na ferramenta, eu posso mostar para o meu público alvo que aquele delito pode e deve ser estudado tecnicamente. Isso evita que a alocação de viaturas não seja feita só porque acham que ali pode ocorrer alguma coisa. Agora a viatura será alocada porque eu sei que ali ocorreu alguma coisa - explicou.

Considerada uma das políticas de redução da criminalidade mais efetivas do mundo, o monitoramento de manchas criminais demanda uma solução tecnológica que permita a visualização do exato local onde o crime ocorreu, assim como a identificação de características urbanísticas da área. A princípio, a plataforma está sendo alimentada pela base de dados dos registros de ocorrências (RO) da Polícia Civil. Ao longo dos próximos meses, serão integrados ao sistema os registros do serviço de 190 da Polícia Militar  do Disque-Denúncia, assim, como outras bases relevantes para o uso policial.

Fonte:Site SESEG - Segurança Notícias

19/05/2017

 

« voltar

Secretaria de Estado de Segurança
Tecnologia: PRODERJ - Todos os direitos reservados